Educação no Pará: uma questão política

A situação das escolas da rede estadual  é precária e a cada dia a  situação piora. Depois de quase 1 mês de greve sem acordo, verbas desviadas, 4 secretários, escolas caindo aos pedaços e sem a mínima segurança, como fica a educação dos jovens  no Estado do Pará? A questão não é educacional, mas sim política, a briga é por controle político e não pela melhoria na educação do povo.  A falta de interesse em melhorar a educação no Estado se reflete em mazelas sociais, como o aumento da delinquência o que se reflete em casos de sequestros e crimes hediondos cometidos por adolescentes.  Até quando a população será refém da falta de compromisso dos governantes? Refém de adolescentes infratores que deveriam estar estudando, praticando esporte e se preparando para um futuro menos nebuloso? A culpa não é só da família,  o Estado tem culpa nesse desastre social que vemos todos os dias no noticiário.