Em entrevista, cartunista Arnaldo Branco fala sobre o atentado ao “Charlie Hebdo”


LOID

Arnaldo Branco (Foto: Divulgação) Arnaldo Branco (Foto: Divulgação)

Na última quarta-feira (7), a França sofreu um dos maiores atentados de sua história recente, a sede do jornal satírico Charlie Hebdo foi atacado por três atiradores que mataram doze pessoas, entre os mortos estavam os cartunistas Cabu, Charb, Tignous e Georges Wolinski. Segundo informações, os atiradores invadiram o prédio gritando “Vamos vingar o profeta”.  O jornal já havia causado polêmica ao publicar uma charge satirizando Maomé na capa de uma das edições.

O ataque abalou a área jornalística e, logo em seguida, diversos cartunistas ao redor do mundo prestaram condolências aos cartunistas mortos no atentado. No Brasil, o jornalista e também cartunista, Arnaldo Branco, prestou homenagem às vítimas do Charlie Hebdo.

Criador de personagens como Capitão Presença, Joe Pimp e das tirinhas Mundinho Animal – publicadas no G1 -, Arnaldo conversou com o Livre Opinião – Ideias em Debate sobre o fato que…

View original post 929 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s