Pará sob domínio Tucano novamente


As urnas confirmaram o que as pesquisas vinham apontando: a vitória de Simão Jatene (PSDB) e derrota da atual governadora Ana Júlia Carepa (PT). A vitória de Jatene se deu por diversos fatores, dentre os quais podemos destacar a perda da sub-sede da Copa do Mundo de 2014  para Manaus e os sucessivos escândalos da administração petista que elevou seu índice de rejeição a níveis históricos.

O fato é que a incompetência do governo atual foi tão gritante a ponto de ser suficiente para apagar da memória coletiva da população os 12 anos que o Pará sofreu com a administração tucana (veja o post 45 motivos para não votar em Jatene). O governo Jatene não foi melhor e nem pior que o atual, na verdade foi uma continuidade do governo anterior, ou seja, um governo para poucos e não para a população. O Pará continou uma terra sem lei e sem governo.

 

O fato é que Jatene é um burocrata, tal qual Dilma Rouseff. De poste eleitoral a candidato messiânico com a missão de colocar o Pará no caminho do desenvolvimento.

A facção do PT que tomou as rédeas do governo atual intitulada PMM do B (Puty, Maurílio, Marcílio e Botelho) pertencente a DS (Democracia Socialista), tendência centrista do partido foi responsável pela má administração e envolvimento em escândalos do atual governo. O PT não se empenhou para reeleger Ana Júlia, tanto que muitos se empenharam em eleger principalmente Puty. Sacrificaram um governo para eleger um deputado federal (outro poste eleitoral que se promovia utilizando o nome dos programas nacionais do Governo Federal, como o Projovem Urbano).

A vitória de Jatene significa mais. Significa pelo menos mais 8 anos de governabilidade com direito a lançamento de um novo poste eleitoral, dada a ausência de lideranças (considerando a cassação dos direitos políticos de Jader, a maior liderança do estado). Talvez a única capaz de disputar o próximo pleito é Maria do Carmo (PT) desde que saiba o valor da passagem de ônibus urbano em Belém.

 

O tempo nos dirá se mais de 1 milhão e 800 mil optaram pela mudança ou pela estagnação.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s